Sagas literárias legais para conhecer


Sagas literárias são uma das principais formas de iniciação para leitura atualmente, afinal, ler Harry Potter é muito mais simples do que encarar Hegel. Separamos algumas séries literárias que você devia apresentar para o seu filho, pois elas são incríveis!

Escrevi o texto baseado em meu gosto pessoal e em comentários de algumas pessoas pela web afora. Eu deixei a semiótica para a faculdade junto com aquelas garotas que possuem a mania de usar cachecol Salvador (temperaturas de 30 graus no inverno e a garota ficava com aquela parada no pescoço suando como um bife acebolado).

 

Feios
Scott Westerfeld estava mesmo pensando em como funcionava o mundo quando escreveu a série Feios. Os livros trazem uma questão meio doida: e se a ditadura da beleza se tornasse uma ditadura em um sentido literal? E se as pessoas tivessem a obrigação legal de serem bonitas?

 

A história conta a vida desse sistema doido onde todos eram obrigadas a fazer cirurgias plásticas para se tornarem bonitas quando atingissem determinada idade. A heroína da saga, Tally Yongblood é uma garota de 16 (ela tem 16 quando a saga começa) que oscila entre a revolução e o sistema a depender dos seus interesses e das lavagens cerebrais que são feitas nela durante os livros.

 

É um trabalho que vale a pena conferir  por conta da escrita incrível do camarada Scott Westerfeld. O cara sabe construir uma boa história.

 

Os Karas

Quem nunca leu um livro do Pedro Bandeira quando era garoto não sabe o que é viver e se você virou adulto sem ler nem mesmo um livro da série Os Karas eu vou ser obrigado a perguntar se seus pais abusavam de você durante a infância.

 

São cinco livros que contam as aventuras dos cinco adolescentes Miguel, Crânio, Calú, Chumbinho e Magrí  que juntos desvendam mistérios, enfrentam cientistas (nazistas!) sem perder aqueles lances de serem garotos e tudo mais com paqueras, amores e algumas irresponsabilidades.

 

Quem gosta de peças como “Os Goonies” ou “Esqueceram de mim” vai se apaixonar por esses livros! É claro que o material é completamente voltado ao público juvenil e a gente começa a achar meio besta depois que cresce ( virar adulto é um saco, sejam crianças para sempre! Salvem vocês mesmos!).

 

Artemis Fowl

Um menino gênio. Ele vai salvar o mundo? Vai criar uma máquina que mudará a história da humanidade? Não, ele vai usar sua maravilhosa mente para o crime.

 

Essa é a premissa da série literária escrita por  Eoin Colfer,  Artemis Fowl, afinal, vocês não estavam de saco cheio de pequenos prodígios fazendo a coisa certa? É difícil saber se Artemis é um safado ou um cara que se adapta aos problemas que chegam até ele, eu sempre penso nas duas opções, gosto delas.

 

Ao todo são 7 livros em que Artemis Fowl enfrenta e ajuda as perigosas criaturas das fadas com o intuito de salvar o pai, o proteger mundo e descolar um troco no processo, afinal, alguém tem que pagar as contas. Como todo  bom criminoso Fowl tem a polícia como principal adversário, ao menos no primeiro livro, pois ao longo da trama o garoto vai ficando mais legal  aos olhos da lei, mas tenho que dizer que prefiro ele bandido.

 

É divertido ver Artemis fazer suas armações,  logo nos dois primeiros livros o garoto rouba um bocado de ouro de fada e engabela a mafia Russa. Quem não gosta de um malandro?

 

Desventuras em Série

Não se enganem com aquele filme tosco com o Jim Carrey , os livros Desventuras em Série são incríveis!

Nos livros Os irmãos órfãos Baudelaire enfrentam o perverso Conde Olaf que deseja ficar com a fortuna que eles herdariam. Até aí parece uma narrativa besta, mas a forma como o escritor Daniel Handler coloca as coisas no papel realmente impressiona.

Além do mais o Conde Olaf do livro é infinitamente mais cruel que o personagem interpretado pelo ator Jim Carrey. Se no filme Olaf é um vilão meio babão, no livro ele apresenta níveis de maldade que chega a perturbar a mente das pessoas.

Os irmãos Baudelaire também são personagens mais cheios de vida no livro. Você tem vontade de chorar um pouco quando se depara com os problemas que eles enfrentam para se protegerem, lidarem com a busca de parentes vivos e desvendar os mistérios que envolvem a família  Baudelaire.

Sobre Cicero Sena (174 artigos)
Jornalista, criador de conteúdo e estranhamente humano (eu acho).

1 Trackback / Pingback

  1. Livros que dariam ótimos filmes | Garotos Digitais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: